“Sempre fui assediado”, revela sertanejo Guilherme Di Melo

Se você ainda não ouviu falar de Guilherme Di Melo, não se preocupe, em breve vai conhecê-lo. O cantor de 29 anos de idade é atualmente uma das promessas do sertanejo romântico, e por isso vem conquistando não apenas um espaço no mercado da música, como nos corações das fãs mais ousadas.

Em entrevista ao canal da Lisa Gomes, o cantor falou sobre o início de carreira e comentou sobre o assédio que tem recebido, “Sempre fui (assediado), desde quando era mais novo, uns 13 pra 14 anos de idade, tanto que na escola que eu estudava a maioria das meninas queriam ficar comigo, mas não tô falando para me engrandecer, porque era verdade. Lembro que eu sentava na carteira e umas 5 meninas ficavam mexendo no meu cabelo que era grande, grandão mesmo. A professora dava dura, era engraçado”, lembra.

O dono do hit ‘Resto de Perfume’, em parceria com Rionegro e Solimões, diz que assim que começou a cantar profissionalmente o assédio continuou, “Depois que eu comecei a cantar foi muito mais, mas é normal por ser cantor”, comenta Di Melo.

Assista a entrevista completa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.